Advocacia 4.0: Princípios

advocacia 4.0 princípios-advogados-fernanda gaiotto-conteúdo estratégico-conteudoestrategicooficial

Você já atendeu um cliente que não conhece pessoalmente, utilizando princípios da Advocacia 4.0?

Pense em como era a advocacia há cinco anos. Havia uma indicação, o cliente ia até você, em seu endereço comercial físico.

Era importante que seu escritório tivesse uma aparência imponente, com mesas de mármore lustrosas, cadeiras confortáveis, volumes e mais volumes de livros para impressionar o cliente.

A confiabilidade era algo que estava mais próximo ao status ocupado por aquele advogado na sociedade e a aparência da sua propriedade física (escritório).

O cliente costumava retornar mais algumas vezes ao escritório para entregar documentos, assinar procuração, ou fazer consultas.

Isso ainda acontece? Claro que sim.

Mas as mudanças de paradigma são visíveis.

Se você nunca atendeu um cliente cujo rosto você não conhece pessoalmente, é provável que isso aconteça muito em breve.

Então, o que mudou para os advogados com o processo eletrônico?

Com o processo eletrônico, muitas causas cíveis, trabalhistas, previdenciárias, criminais, dentre outras, passaram a poder serem peticionadas eletronicamente. Tudo passou a ser feito através da internet, desde a juntada de documentos, até assinaturas e recebimento de honorários.

Assim, abriu-se a possibilidade de um cliente ser representado do início ao fim do processo por um advogado que não reside ou trabalha em sua cidade, mas que se posicionou como um especialista no assunto que envolve o problema do cliente.

Isso amplia significativamente as possibilidades para os advogados que utilizam estratégias digitais para a captação de clientes a nível local ou nacional. Para você ter uma ideia, só para o termo “advogado online” há quase 20 mil pesquisas mensais na Google.

 

Leia também o nosso artigo: Marketing Digital para Advogados

 

Passo a passo para resultados

advocacia 4.0 princípios-advogados-fernanda gaiotto-conteúdo estratégico-conteudoestrategicooficial-resultados

Na advocacia 4.0, assim como acontece em diversos setores, todo o relacionamento com o cliente poderá ser virtual. Assim, as ferramentas de tecnologia disponíveis são vistas e tratadas como aliadas imprescindíveis ao exercício da profissão.

Imagine uma ação de Direito do Consumidor- Negativação indevida com danos danos morais, por exemplo.

Imagine os seus honorários caindo na sua conta sem você nunca ter visto o cliente.

Isso vem acontecendo e os advogados adeptos à advocacia 4.0 estão saindo milhas e milhas na frente de quem está no escritório aguardando clientes entrarem.

Enfim, tudo, absolutamente tudo, pode ser feito remotamente.

Você atrai o cliente através de anúncios e outros mecanismos até sua propriedade virtual.

Ali ele vai encontrar as informações que precisa e se sentir confiante para entrar com a ação, e o melhor, COM VOCÊ.

Ele vai preencher um formulário, enviar um e-mail ou te chamar no whatsapp para que iniciem o processo.

Através dos relatos dele, você vai redigir a inicial.

Ele assina a procuração digitalmente em PDF.

 

 

Ele te envia fotos e scans de documentos e outras provas.

A petição é juntada eletronicamente.

O juiz sentencia.

Você recebe os honorários, ficando imensamente feliz (não mais que o cliente).

 

Princípios do Advogado 4.0 na Advocacia 4.0

  • Enxergar o seu site como uma propriedade virtual, pronta para receber clientes. Trata-se do seu endereço comercial eletrônico.
  • Enxergar a tecnologia como aliada
  • Utilizar as melhores ferramentas digitais
  • Produzir conteúdo informativo de modo recorrente, em linguagem acessível ao grande público. O seu conteúdo deve ser uma pré-consultoria. É a partir dele que o seu cliente vai decidir se prossegue e entra em contato com você ou se procura outro profissional.
  • Poder trabalhar em qualquer lugar do mundo, apenas com um notebook.
  • Ter tempo de se aprofundar em outras área de conhecimento.
  • Aprimoramento constante da experiência do cliente, desde a chegada até a propriedade virtual.
  • Conhecer as necessidade e anseios dos diversos perfis de clientes.

Compartilhar esta publicação

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Deixe seu comentário

Scroll Up